DIU pelo SUS 2019, como colocar o dispositivo pelo SUS

DIU pelo SUS 2019, como colocar o dispositivo pelo SUS

É possível colocar DIU pelo SUS? Essa e outras dúvidas sobre o DIU serão abordadas nesse artigo. Continue lendo para saber mais.

O que é o DIU?  

Primeiro de tudo, DIU significa dispositivo intrauterino. É um método contraceptivo em que se usa uma pequena haste em forma de Y no útero.  

Além disso, esta haste fica por dentro do útero de 5 a 10 anos a depender do tipo de DIU.  

Como resultado, o DIU também libera substâncias que tornam o útero um local hostil para o espermatozoide, impedindo que o óvulo seja fecundado.  

DIU pelo SUS 2019

Quais são os tipos de DIU?  

Existem dois tipos de DIU, o de Mirena e o de cobre.   

O DIU de cobre é revestido com cobre. Que libera pequenas quantidades de cobre no útero, causando algumas alterações no endométrio, no muco e na motilidade das trompas. As chances de gravidez com o DIU de cobre são de 0,7%.  

O DIU de Mirena, possui o hormônio progesterona que é liberado aos poucos e uma pequena quantidade. Ela atua da mesma forma que o DIU de cobre, causando alterações no útero que impedem a gravidez. Os riscos de gravidez são de 0,2%.  

O DIU tem efeitos colaterais?   

Da mesma forma, o uso do DIU tende causar dores na pélvis e aumentar o risco de infecções vaginais, apesar destes sintomas serem raros.  

Certamente, existe efeitos colaterais para cada tipo de DIU.  

Como resultado, no DIU de cobre, é possível aumentar o volume da menstruação e consequentemente gerar mais cólicas menstruais.  

Enquanto o DIU de Mirena, pode acabar suspendendo a menstruação definitivamente. Causar pequenos sangramentos e um pequeno aumento de peso.  

Quais vantagens de usar o DIU?  

Certamente, o DIU possui muitas vantagens, uma delas é o fato de ser um dispositivo fixo internamente que funciona sozinho, o que já diminui o risco de ser mal-usado e por isso ter sua eficácia reduzida.  

Entre as vantagens específicas do DIU de cobre está o baixo custo, a duração de até 10 ano  

Enquanto o DIU de Mirena tem como vantagem redução, chegando até suspender a menstruação. Pode ser bom para mulheres com endometriose ou que estão prestes a entrar na menopausa. Também protege contra o câncer endométrio.

Porém o DIU de Mirena é mais caro e sua eficácia pode ser alterado por alguns medicamentos.  

Quem pode usar o DIU  

Certamente qualquer mulher maior de 14 anos e sexualmente ativa, pode usar o DIU. Da mesma forma que não haja fatores de riscos para doenças inflamatórias pélvicas. Mais é digno de nota, quem normalmente opta por DIU são mulheres que já tiveram filhos e que querem mais tranquilidade em se prevenir.   

É possível colocar o DIU pelo SUS?

Finalmente é possível colocar o DIU pelo. Além da distribuição de camisinhas e anticoncepcionais,além disso, também disponibiliza a colocação do DIU de cobre como preventivo concepcional.

Se você já tem cadastro de Sistema Único de Saúde, é só ir a um posto médico, e se informa de como pôr o DIU pelo SUS.

Caso ainda não tenha um cadastro, vejo dei uma olhada nesse artigo: Carteirinha do SUS como fazer, imprimir e tirar 2 via online.

Para mais informações sobre o DIU, tem esse tira dúvidas feito pelo blog do Ministério da Saúde, nele você tirar todas as suas duvida do DIU, clique aqui para ser redirecionado ao artigo.

Deixe um comentário