Laqueadura pelo SUS 2019, como funciona e como agenda

Laqueadura pelo SUS 2019, como funciona e como agenda

Laqueadura pelo SUS, o que é laqueadura, como fazer gratuitamente pelo SUS, e muitos mais nesse artigo, continue lendo para saber tudo.  

O que laqueadura?

Laqueadura é o rompimento das trompas como efeito contraceptivo definitivo.  

É nas trompas que óvulo e os espermatozoides se encontram, e é nesse encontro que ocorre a fecundação. Com a obstrução das trompas a fecundação ou a fertilização se torna inconcebível, impossibilitando a mulher de engravidar dessa forma.  

A laqueadura serve para a mulher ou casal que não querem ter mais filhos ou que não pode engravidar por risco de morte. Por isso opta por uma forma contraceptiva definitiva. Entretanto, hoje em dia, se o casal querer ter filhos é possível através de métodos de fertilização.  

Além disso, no caso da retirada das trompas o procedimento pode ajudar na prevenção do câncer de ovários. Com a obstrução das trompas é também possível proteger contra infecções pélvicas.

Para saber mais sobre o que é laqueadura e como é procedimento cirúrgico, veja mais no blog do Dr. Dráuzio Vallera, clique aqui.

Laqueadura pelo SUS

É possível fazer a Laqueadura pelo SUS?

Sim, é possível fazer a laqueadura pelo SUS. Segundo a legislação brasileira, está disponível a laqueadura pelo SUS.  

Contudo, para que se possa fazer a laqueadura pelo SUS, a mulher precisa ter mais de 25 anos, ou no mínimo, dois filhos vivos. Para mulheres casadas é preciso que o consentimento do parceiro.

Além disso, o mesmo procedimento é valido para homens que desejam fazer vasectomia. Caso você tenha um parceiro, saiba que vasectomia também é o procedimento anticoncepcional que pode ser feito pelo SUS. Para saber mais sobre vasectomia e como ela pode ser feita pelo o SUS, leia esse artigo: Vasectomia pelo SUS 2019, como conseguir fazer.

Caso você deseje fazer uma laqueadura, procure o posto e médico, e se informe com o médico para saber como você está vindo fazer sua laqueadura gratuitamente.  

Deixe um comentário