Pré Natal SUS, como fazer pré natal pelo sus em 2019

Pré Natal SUS, como fazer pré natal pelo sus em 2019

Pré Natal Sus, saiba como funciona e o que você precisa saber para começar a fazer seu pré natal já em 2019. Fique mais um pouquinho aqui e saiba de todos os detalhes.

Pré Natal SUS, como fazer pré natal pelo sus em 2019

Toda mulher, esteja ela grávida ou pensando em ter um bebê, sem dúvida nenhuma sente aquele receio sobre a saúde de seu filho. A mãe passa toda a gestação preocupada se seu bebê será saudável, alisando o barrigão quando ele já desponta soerguendo seu vestido ou aquela blusinha que ela ainda insiste em vestir, mesmo com o umbigo despontando como um farol que diz ao mundo “Eu sou mãe”.  Isso é lindo, pois é o amor já florescendo dentro de você independente de quaisquer dúvidas ou circunstâncias.

Pensando nisso o Governo Federal disponibiliza a todo o cidadão brasileiro, através de nossa Constituição – que brada em seu artigo de número 196: A saúde é direito de todos e dever do Estado – o acesso totalmente gratuito ao Sistema Único de Saúde, o SUS. Esse sistema garante a você mamãe (ou que pensa em ser mamãe) atendimento médico preventivo para dar as melhores condições de saúde para você e o seu bebê. Esse serviço chama-se Pré-Natal, e está disponível universalmente a toda cidadã brasileira gestante.

O pré natal previne e ajuda a identificar patologias, problemas de saúde e complicações que podem colocar em risco a vida da mãezinha ou de seu bebê. O pré-natal pelo SUS concede atendimento médico de qualidade e periodicidade que possibilitam o monitoramento de cada fase intrauterina durante a gestação.

O médico acompanhará a gestante no desenvolvimento de sua barriga, as alterações da pressão e em tudo o que for necessário para assegurar que a mulher tenha uma gravidez saudável.

É este acompanhamento o primeiro passo para a gestante se sentir segura e compreender as tantas transformações pelas quais seu corpo irá passar. E a mamãe não precisa se preocupar, pois caso qualquer coisa que possa afetar a sua saúde ou a do bebê for detectado, o médico terá todos os mecanismos à disposição para prover os cuidados necessários para evitar que qualquer problema se agrave.

Exames Pré Natal SUS

O pré-natal SUS garante às gestantes uma série de exames preventivos e também circunstanciais para que tudo possa transcorrer com absoluta segurança durante toda a gestação. Confira abaixo alguns destes exames e fale com seu médico sobre o requerimento para realiza-los, mas lembre-se, o profissional que pode realmente avaliar a necessidade ou não de um exame é apenas o médico que realiza seu acompanhamento pré-natal.

Exames do início do Pré Natal

Exames do início do Pré Natal

Sangue: Tipo sanguíneo da gestante, dosar hormônios e anticorpos da tireoide, detectar possíveis infecções (DST’s como HIV; hepatites e etc…), verificar ocorrência de anemia, níveis de açúcar no sangue. Pesquisa de trombofilias congênitas para prevenir o trabalho de parto prematuro e doenças hipertensivas como pré-eclâmpsia e help síndrome. O exame de sangue deve ser solicitado, no mínimo, uma vez a cada trimestre.

Urina: Infecção urinária e possível tendência à pré-eclâmpsia e acompanhamento de diabéticas.

Fezes: Identificar a presença de parasitas intestinais que podem provocar anemia, entre outros problemas.

5ª e a 8ª SEMANAS DE GESTAÇÃO

Ultrassonografia intravaginal: Visualizar o ainda embrião e o saco gestacional. Também permite o cálculo do tempo de gravidez e a provável data do parto. À partir da sexta semana, na maioria dos casos, o médico consegue ouvir os batimentos cardíacos do futuro bebê.

11ª e a 14ª SEMANAS DE GESTAÇÃO

Ultrassonografia da transluscência nucal: Este exame importantíssimo identifica se há chances de anomalias como a Síndrome de Down. Verifica-se, da mesma forma, se há ausência do osso nasal, o que pode ser sinal de alguma alteração cromossômica. Neste mesmo exame o médico também pode medir o bebê, atestar sua vitalidade através dos batimentos cardíacos e sinais de possíveis problemas. Se o exame apontar alguma alteração cromossômica, o médico deverá solicitar exames complementares.

20ª e a 22ª SEMANAS DE GESTAÇÃO

Ultrassonografia morfológica: Medir o feto e seu peso, analisar os órgãos do bebê, possível visualização do sexo da criança.

24ª e a 28ª SEMANAS DE GESTAÇÃO

Triagem de diabetes gestacional: O exame verifica se a paciente desenvolveu diabetes gestacional.

34ª e a 37ª SEMANAS DE GESTAÇÃO

Triagem de estreptococo beta-hemolítico: Análise laboratorial para rastrear possíveis infecções causadas pela bactéria estreptococo do grupo B que pode provocar a morte do recém-nascido. Em caso de exame positivo o médico administrará antibióticos para a gestante no dia do parto.

Ultrassonografia do terceiro semestre: Importante para acompanhar o tamanho, o peso e a posição fetal. Também avalia a maturidade da placenta e a quantidade de líquido amniótico.

Pré Natal de Alto Risco SUS

Infelizmente nem sempre as coisas correm como desejaríamos que corressem, mas mesmo em casos assim, você pode contar com o SUS, que garante acompanhamento pré-natal de alto risco para gestantes que enfrentem problemas físicos, congênitos, psíquicos, patológicos ou até mesmo sociais. A definição para gestação de alto risco segue o protocolado pelo Comitê de Assistência Médica Americana, e esta gravidez é aquela em que existe a probabilidade elevada de a criança apresentar:

  • Problemas físicos;
  • Limitações intelectuais, sociais e de personalidade;
  • Dificuldade de crescimento;
  • Problemas para desenvolvimento;

Este risco pode ser resultado de problemas hereditários, ambientais ou de ambos.

Estes fatores podem ser identificados logo no início do Pré-Natal, após o médico constatar estes riscos, a gestante será encaminhada ao Serviço de Alto-Risco de sua região.

Nestas unidades que atendem as gestantes de Alto-Risco atuam equipes compostas por profissionais como:

  • Ginecologistas;
  • Obstetras;
  • Nutricionistas;
  • Fisioterapeutas;
  • Anestesistas;
  • Pediatras;
  • Enfermeiras
  • Serviço de apoio dos especialistas: nefrologistas, cardiologistas, endocrinologistas

Portanto, todo o atendimento necessário para a minimização dos riscos identificados será concedido a estas gestantes e a sua família.

Você pode baixar um Manual Técnico para a Gestação de Alto-Risco clicando aqui.

Passo-a-Passo Pré Natal SUS

Passo-a-Passo Pré Natal SUS

Para se obter atendimento pelo Sistema Único de Saúde primeiro você precisa fazer o seu cartão SUS, aqui mesmo na página você encontra como fazer o seu e é muito fácil. Tendo o seu cartão em mãos, basta se dirigir a unidade de saúde mais próxima, lá mesmo você poderá fazer um teste rápido e gratuito de gravidez. Assim que sua gestação for confirmada, o início do pré-natal é imediato.

Os primeiros procedimentos que serão solicitados serão os que listamos abaixo, conforme o cronograma disponibilizado pelo próprio SUS:

  • Aferição de peso e pressão.
  • Verificar se a gestante apresenta Inchaço nas pernas e pés.
  • Medição da altura do útero.
  • Auscultar os batimentos cardíacos do bebê, se já for possível.
  • Exame das mamas.
  • Orientação amamentação materna.
  • Verificar se as vacinas estão em dia e disponibilizar as necessárias.

O pré-natal pelo SUS é completamente gratuito – como tudo o que o nosso mundialmente reconhecido sistema de saúde oferece. Não se preocupe com custos de absolutamente nada. Além dos procedimentos clínicos, as gestantes também recebem outros benefícios, como reuniões com outras mamães, o que possibilita a troca de experiências, e também palestras de diversos assuntos sobre o universo materno.

Então, não perca tempo. Se você desconfia que está grávida, se está planejando ter um bebê, ou se está gestante, mas ainda não começou o seu pré-natal, dirija-se já para a unidade de saúde do seu bairro e garanta a sua saúde e a do seu bebê.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo. Fique à vontade para deixar um comentário e falar a sua opinião.

Pré Natal SUS, como fazer pré natal pelo sus em 2019
5 (100%) 3 voto[s]

Deixe um comentário